Filosofia: Ensino e Pesquisa

Que todos os seres sejam felizes! Que todos os seres tenham paz! Que todos os seres sejam livres!

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Dedicação – Lama Padma Samten


Que o mestre universal da paz e da compaixão, sua santidade o Dalai Lama, juntamente com todos os mestres de todas as tradições que veiculam essa mensagem tenham longa vida
Que todos estejam a salvo de gerar pensamentos negativos, o obstáculo mais destrutivo.
Que esses pensamentos nunca surjam em nossa mente.
E que todos os seres também estejam livres de pensamentos negativos.
Ao longo de minhas muitas vidas e até este momento, inclusive os méritos gerados por esta prática e todas as que vier a conseguir, ofereço para o bem-estar dos seres senscientes.
Possa a doença, guerra, fome e sofrimento diminuir para todos os seres, enquanto sua sabedoria e compaixão aumentam nesta e em vidas futuras.
Possa eu claramente perceber todas as experiências como sendo tão insubstanciais quanto o tecido do sonho durante a noite e imediatamente despertar para perceber a manifestação de sabedoria pura no surgir de cada fenômeno.
Possa eu rapidamente alcançar a iluminação para trabalhar sem cessar pela liberação de todos os seres.
Budas e Bodhisattvas em conjunto. Seja qual for a sua motivação, sua ação benéfica, seja qual for a sua onisciência, realizações e poderes benévolos e seja qual for a sua imensa sabedoria, eu que igualmente venho para beneficiar os seres, rogo para que possa alcançar as mesmas qualidades.
Nesse exato momento, possa nem mesmo os nomes doença, fome, guerra e sofrimento serem ouvidos pelas pessoas da terra. Mas possam sim, sua conduta moral, mérito, riqueza e prosperidade crescer.
E possa a suprema bem-aventurança e bem-estar sempre surgir para todos.

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Querido pastor - Gregório Duvivier


Aqui quem fala é Jesus. Não costumo falar assim, diretamente - mas é que você não tem entendido minhas indiretas. Imagino que já tenha ouvido falar em mim - já que se intitula cristão. Durante um tempo achei que falasse de outro Jesus - talvez do DJ que namorava a Madonna - ou de outro Cristo - aquele que embrulha prédios pra presente - já que nunca recebi um centavo do dinheiro que você coleta em meu nome (nem quero receber, muito obrigado). Às vezes parece que você não me conhece.
Caso queira me conhecer mais, saiu uma biografia bem bacana a meu respeito. Chama-se Bíblia. Já está à venda nas melhores casas do ramo. Sei que você não gosta muito de ler, então pode pular todo o Velho Testamento. Só apareço na segunda temporada.
Se você ler direitinho vai perceber, pastor-deputado, que eu sou de esquerda. Tem uma hora do livro em que isso fica bastante claro (atenção: SPOILER), quando um jovem rico quer ser meu amigo. Digo que, para se juntar a mim, ele tem que doar tudo para os pobres. "É mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha do que um rico entrar no reino dos céus".
Analisando a sua conta bancária, percebo que o senhor talvez não esteja familiarizado com um camelo ou com o buraco de uma agulha. Vou esclarecer a metáfora. Um camelo é 3.000 vezes maior do que o buraco de uma agulha. Sou mais socialista que Marx, Engels e Bakunin - esse bando de esquerda-caviar. Sou da esquerda-roots, esquerda-pé-no-chão, esquerda-mujica. Distribuo pão e multiplico peixe - só depois é que ensino a pescar.
Se não quiser ler o livro, não tem problema. Basta olhar as imagens. Passei a vida descalço, pastor. Nunca fiz a barba. Eu abraçava leproso. E na época não existia álcool gel.
Fui crucificado com ladrões e disse, com todas as letras (Mateus, Lucas, todos estão de prova), que eles também iriam para o paraíso. Você acha mesmo que eu seria a favor da redução da maioridade penal?
Soube que vocês estão me esperando voltar à terra. Más notícias, pastor. Já voltei algumas vezes. Vocês é que não perceberam. Na Idade Média, voltei prostituta e cristãos me queimaram. Depois voltei negro e fui escravizado - os mesmos cristãos afirmavam que eu não tinha alma. Recentemente voltei transexual e morri espancado. Peço, por favor, que preste mais atenção à sua volta. Uma dica: olha para baixo. Agora mesmo, devo estar apanhando - de gente que segue o senhor.

Fonte: Folha de São Paulo

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Jovens dinamarquesas descobrem que Wi-Fi pode ser nocivo

Sinais emitidos por roteadores impediram o desenvolvimento normal de sementes em um experimento de ciências

por Marcelo Andrade - Quinta-feira, 30 de Maio de 2013

Jovens dinamarquesas descobrem que Wi-Fi pode ser nocivo

Os efeitos nocivos ao corpo humano de sinais de Wi-Fi e transmissão celular vira e mexe entram em pauta no mercado nacional e internacional. E um experimento feito por cinco jovens estudantes dinamarquesas – da nona série da escola primária Hjallerup Skole -, provou que existe sim um impacto negativo dessas tecnologias nos seres vivos.
As meninas tiveram a ideia de fazer testes porque, toda vez que dormiam com seus celulares perto da cabeça, tinham dificuldade de se concentrar nas atividades durante o dia. 
Seis vasos contendo as sementes de uma erva de jardim foram colocadas em uma sala sem um roteador Wi-Fi, e seis outros foram inseridos próximos a roteadores, o que, segundo os cálculos das garotas, emitem praticamente o mesmo tipo de radiação que o celular convencional.
No intervalo de 12 dias, os vasos que estavam longe dos roteadores tiveram plantas normais, enquanto que aqueles que estavam próximos dos aparelhos praticamente não cresceram – em alguns, inclusive, as sementes morreram. Tudo foi documentado com fotos. 
Como resultado, um professor de neurociência do Karolinska Institute na Suécia, expressou grande interesse no projeto e pretende repetir os experimentos em um ambiente controlado e profissional.
Fonte: Mobile Expert apud ABC News